C 
somos instantes


Danielle, 17, Pisces, Brazil. Perde o medo comigo, te dou a mão. Juro.
Só eu sei o quanto minha alma queria fugir do meu ser naquele momento. Era tanto silêncio lá fora e tanta gritaria por dentro. Tanta rebeldia para um só coração. Sentia como se houvesse uma tempestade em mim, raios e trovões tumultuando minhas veias. Foi naquele momento que eu me dei conta de como queria estoura com tanta pressão e sair voando até me desfazer.

Solideza. (via cuidei)

(Source: sorrisol, via flordmarte)

Mas é que as vezes, ou melhor, quase sempre da vontade de sentar na sarjeta e chorar, lamentar a decadência do mundo, como criança que pede colo aos pais, como mendigo necessitado e cheio de fome, num puta frio e sem cobertor, completamente jogado na rua. Quase sempre chorando por falta de bondade no mundo, por um restinho de migalha do amor. As pessoas precisam de mais carinho, mais elogios. O mundo precisa de menos sarjetas e mais moradias para cada mendigo sentimentalista existente mundo afora.

Cuidei. (via cuidei)

(Source: Cuidei, via flordmarte)

Que segredo ela guarda? Que novidade é essa? Na cozinha perguntam: novo amor? No estacionamento perguntam: voltou com alguém? No restaurante, na hora do almoço: é alguém novo? Cruza com um namorado antigo “nossa, você tá muito… é o quê? Sexo? A noite toda? Conta, vai, eu aguento ouvir”. Contar o quê? No espelho, enquanto escova os dentes, fecha os olhos e sabe pra si o segredo: ninguém. Não gostar de ninguém.

Tati Bernardi. (via romantizar)

(Source: princesa-dec0pas, via believe-ve)

eaibro:

Mt nós
canyoulienexttoher:

∞